3 livros sobre… pescaria e o mar

Barba Ensopada de Sangue, Daniel Galera (Cia das Letras)
barba-ensopada-sangue-capa

Barba Ensopada de Sangue marca transformação de Daniel Galera de promessa literária para um grande escritor. Seu romance, ambientado na cidade litorânea de Garopaba, conta história de um professor de natação que se isola na praia após o suicídio paterno. Obcecado por uma revelação feita pelo pai pouco antes da morte , ele  procura o avô desaparecido – supostamente assassinado pelos moradores quando Garopaba ainda era uma pequena vila de pescadores. As baleias que deram nome à graphic novel de Galera (“Cachalote”) voltam a aparecer aqui, assim como antigos personagens de seus outros romances. A mistura de ricas descrições dos cenários, mistério policial e referências pop dá liga para um dos grandes romances brasileiros do (jovem) século XXI.

O Velho e o Mar, Ernest Hemingway  (Bertrand Brasil)
velho-mar-capa

Mestre da concisão e da objetividade narrativa, Hemingway conseguiu atingir seu grande momento literário em um pequeno e sensível romance escrito em Cuba. O Velho e o mar narra a história da  bela relação entre o jovem Manolim e o experiente pescador Santiago. O livro rendeu a Hemingway o prêmio Pulitzer, em 1952, e o ajudaria na conquista do Nobel da Literatura, dois anos depois.

Moby Dick, Herman Melville (Cosac Naif)
capa-moby-dick

Assim como “O Velho e o Mar”, Moby Dick pode ser encarada como uma metáfora da luta do homem contra as forças da natureza; uma metáfora da pequenez do homem em sua curta jornada na Terra. “Para escrever um grande livro, é preciso escolher um grande tema.”, defende Melville. E “Moby Dick” é um grande livro (a linda edição da Cosac Naif tem 656 páginas) tanto na tamanho, quanto na unanimidade como clássico da literatura, em que passou a figurar do século XX pra cá. Ele tem trechos (muitas vezes tediosos) que narram detalhadamente TUDO sobre as baleis (anatomia, hábitos, lendas,etc), grandes passagens sobre a aventura de se lançar ao mar para a pesca desses seres gigantescos (o narrador Ishmael é um homem entediado que resolve viajar o mundo num baleeiro) e memoráveis monólogos shakesperianos do Capitão Ahaab, o homem que teve a perna devorada pela baleia albina Moby Dick e jurou vingança.

tres livros sobre

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 thoughts on “3 livros sobre… pescaria e o mar

  1. Pingback: Newsgames | Moby Dick: o jogo (ou Como transformar um clássico da literatura em um card game)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.