9 filmes de Quentin Tarantino transformados em capas de livro no estilo da editora Penguin

Hey, a dica é fresca e vem do @otaviocohen, repórter do site da SUPERINTERESSANTE: o designer Sharm Murigiah transformou os roteiros/filmes do diretor Quentin Tarantino em capas da editora Penguin. O resultado (bem bacana) você confere abaixo:

Cães de Aluguel
caes-aluguel-capa-livro

Amor à queima-roupa (roteiro de Tarantino)
taran2

Pulp Fiction

taran3

Jackie Brown
taran4

Kill Bill – Vol. 1
taran5

Kill Bill – Vol 2

taran6

À prova de morte
taran7

Bastardos Inglórios
taran8

Django Livre
taran9

book-porn

As melhores capas de livro – da nossa estante (Parte 2)

Sei que estão todos muito ansiosos pela continuação do post de ontem, então, para a alegria geral, eis as últimas capas.

Ilustrações

van-gogh
Bem, se você pode usar Van Gogh como ilustrador da sua edição, não tem como dar muito errado.

maquina-fazer-espanhois
Um livro lindo por dentro e por fora. Quem achar os urubus ganha uma bala.

receberia-piores-noticias-lindos-labios
Aqui fica difícil escolher o que é mais bonito, se é a capa ou o título. (Fico com o título, vai)

pinoquio
Capinha extra charmosa, título em OURO, ilustrações imitando o estilo da época. Alegoria e adereço: nota dez.

proust-neurocientista
Tipografia descolada, ilustra esperta.

irmãos-grimm
Já mostrei como o livro é belo aqui, mas não custa repetir. Cada volume é de uma cor, fonte e papel inclusive. E ainda tem essas ilustrinhas de cordel. Um amor.

irresistible-fairy-tale
Seguindo a linha contos de fada, uma capa que poderia ter sido desenhada por uma criança (talentosa, ok). Gosto que as coisas são meio feias aqui.

20-mil-leguas-submarinas
De capa dura…

20-mil-leguas-submarinas2
…e todo ilustrado por dentro. Julio Verne ficaria orgulhoso.

Livros que comprei pela capa

Adoro fazer essas coisas. Eis os favoritos:

schmetterlingssammler

de-repente-profundezas-bosque
O meu critério de beleza: coisas coloridas.

E é isso!

listas

 

 

 

As melhores capas de livro – da nossa estante (Parte 1)

Inspirada no último post sobre as melhores capas de livro de 2012, resolvi escolher as mais belas também – só que da nossa estante. Essa lista bem que poderia se chamar prêmio Cosac Naify de belezura de edição, mas tentei ser ECLÉTICA. Escolhi várias editoras, vários estilos, vários tipos de beleza. Lá vão

Patterns

virginia-woolf

Ok, comecei com um da Cosac. E ok, comecei com patterns (adoro patterns, vide o fundo desse blog). Mas todos dessa coleção de mulheres escritoras são lindos. Aqui em casa temos esse e os dois da Gertrude Stein.

dom-quixote
Essa coleção que a Abril copiou da Penguin é de chorar. Amo tanto que virou decoração no nosso casamento. Ó que lindeza:

casamento-karin-fred
Momento arquivo confidencial.

Tipográficos

fera-na-selva
Por fora, uma capa sem gracinha…

fera-na-selva2
Por dentro, um projeto gráfico de ler ajoelhado: as páginas vão ficando escuras à medida que a história fica tensa. Começa preto no branco, termina branco no preto.

handy
Gosto do ipsilone em cima de tudo, da linha fina torta. Acho esperta.

senhor-eliot-conferencias
Uma ilustração, você diz? Olha só do que é feita a cara do sr. Eliot.

everything-is-illuminated
O livro está em inglês, mas a versão em português manteve a tipografia, bem bela.

suplicio-papai-noel
Esses pontinho vermelhos na verdade são acentos, vírgulas, parênteses, exclamações. Todas do livro estão assim aliás.

suplicio-papai-noel2
Gracinha, né? Cosac manda beijo.

Fotográficos

lolita
Um dos meus livros favoritos, numa edição pueril e sensual. <3

amor-sem-fim
É um pássaro? Um avião? Um balão? Uma foto? Uma ilustração? Tanto faz, é bonito e chamei de foto.

ligeiramente-fora-foco
Que coincidência. A foto do livro também ficou ligeiramente fora de foco.

Por hoje, é só. Infelizmente, acabei com a banda do planeta fazendo um post tão grande. Amanhã continuo com as mais belas capas ilustradas.

listas

Bibliotecas e livrarias no Rio de Janeiro

Passamos o reveillon no Rio e foi aquele clichêzão maravilhoso: praia, sol, samba e caipirinha. Mas também tropeçamos em algumas simpáticas bibliotecas e livrarias, a começar pela do apartamento que alugamos. Olha que gracinha:

biblioteca-em-casa

Pedro Nava, Graciliano Ramos, Steinbeck etc etc

 

Depois fomos no samba Antigamente, na rua do Ouvidor, aquela que Machado de Assis chamou de “o rosto do Rio de Janeiro“. Lá fica a livraria Folha Seca (Rua do Ouvidor, 37 – Centro – Rio de Janeiro – (21) 2224-4159):

livraria-folha-seca

A arquitetura original.

 

livraria-folha-seca2

E a organização descontraída.

 

Por último, fomos à Biblioteca Nacional e, gente, que prédio vistoso, que hall de entrada bonito, que balcão de recepção moderno, que ar condicionado fresquinho. Não visitamos coisa alguma. Para conhecer o acervo, só marcando um horário com antecedência. Ficadica (Biblioteca Nacional – Avenida Rio Branco, 219 – Centro – Rio de Janeiro – (21) 3095-3879)

biblioteca-nacional

Além de tudo, a foto ficou ótima.

 

Para salvar o passeio, fomos dar uma volta no Parque Lage. Lá não tinha livros, além dos que levamos, mas o lugar é tão, tão, tão lindo, que vale as últimas fotos. (Parque Lage – Rua Jardim Botânico, 414 – Jardim Botânico – Rio de Janeiro – (21) 2538-1879)

parque-lage

No sovaco do Cristo.

 

karin-fred

Ele lê, eu tiro a foto

 

book-porn

 

Melhores capas de livros de 2012, segundo o The Casual Optimist

Uma das belas capas eleitas pelo Casual Optimist

El asenino hipocondríaco by Juan Jacinto Muñoz Rengel; design by Ferran López, illustration Santiago Caruso
Plaza & Janés

O designer e amigo Gabriel Gianordoli indica a lista de melhores capas de livro de 2012, organizada pelo ótimo The Casual Optimist,

Todas as capas são de edições gringas, mas vale muito conferir aqui.

El asenino hipocondríaco by Juan Jacinto Muñoz Rengel; design by Ferran López, illustration Santiago CarusoPlaza & Janés

Hope: A Tragedy: A Novel by Shalom Auslander; design by John Gall
Riverhead

The Dubliners by James Joyce; design by Apfel Zet / Richard BraveryPenguin Essentials, Penguin (UK)

The Dubliners by James Joyce; design by Apfel Zet / Richard Bravery
Penguin Essentials, Penguin (UK)

 

book-porn

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...